Grisogono A Alta Joalharia da Nossa Paixão

Conheci a loja da marca de Grisogono, ainda as suas portas tinham aberto havia pouco tempo, em Genève, na Suiça.

 

Confesso a minha fraqueza. Fiquei fascinada. A minha viagem tinha sido a convite de uma marca de relógios muito conhecida. Por companheira de trabalho, cada uma dirigindo o seu meio de comunicação, ia a Maria Elisa Domingues. Era bom que tivéssemos ficado no Hotel à beira do Lago nas vizinhanças da estátua de Jean Jacques Rousseau, mas tivemos que apanhar um combóio para Chaux-de-Fonds, uma terra muito pequena com uma grande fábrica de relógios e um Museu excelente que fez as nossas delícias.

 

Na minha cabeça martelava a loja de Fawaz Gruosi, CEO da Grisogono, um personagem saído de um conto de fadas, com uma criatividade que me deixou totalmente rendida. O meu Verdura já não existia, mas outra grande estrela estava não em Paris, nem em Nova Iorque, mas em Genève.

 

A Public Relations, muito simpática, deu-me o material que tinha à disposição e que publiquei na revista Moda & Moda.

 

Posteriormente, o Sr. David Rosas pediu-me se o ajudava a convidar algumas das minhas leitoras com maior capacidade económica para uma mostra que ia ter no lugar no Hotel Lapa Palace. Em poucos dias, não é fácil fazer deslocar ao Hotel da Lapa, mesmo como uma das filhas do Sr. Pinto de Magalhães a recepcionar, as personalidades com capacidade para adquirirem aquelas jóias cujos preços exigem uma acção mais cuidada.

 

Levei algumas amigas, poucas, poderia com tempo, ter levado muitas que habitam de norte a sul do país.

 

Entretanto, continuei a receber material de imprensa e a divulgar a marca por sempre ter procurado dar às minhas leitoras o melhor do mundo. Mas, não vi que a marca tivesse vindo para Portugal.

 

Publiquei imagens do neto de Sua Alteza o Rei Humberto de Itália, com manequins lindíssimas e jóias fabulosas.

 

 Não sei os resultados do meu trabalho.

 

Recentemenete constou-me que a empresária Isabel dos Santos tinha uma posição accionista, e, por isso, imaginei que a De Grisogono entrasse, de vez, entre nós.

 

No entanto, Portugal tem pouco poder de compra e não me parece que seja agora que a De Grisogono, com todo o seu fascínio, vá estar ao alcance quer dos amantes de relógios quer das mulheres que perdem a cabeça por uma jóia de autor, de tanto nível.

 

Como sonhar ainda vai sendo possível, deixo-vos aqui um vídeo da marca Grisogono para que as minhas leitoras da classe A, que foi até há agora o nicho de mercado onde mais peso sempre tive, sonhem, comprem…

 

Uma jóia boa é sempre um grande investimento. Mais tarde, o dinheiro que se gastou foi acumulando dividendos.

 

Parabéns Sr. Fawaz Gruosi. O seu talento merece os meus aplausos. Sou sua verdadeira fã. A sua criatividade é inexcedível.

 

Marionela Gusmão

 

FESTIVOS

Dia da Mãe

Natal

Páscoa

Dia do Pai

Santo António

ARTE

Exposições

Museus

Colecções

História

Notícias

MODA

Alta Costura

Prêt a Porter

Tendências

Acessórios

Notícias

BELEZA

Perfumes

Tratamento

Novidades

Looks

Cabelos

NOTÍCIAS

Perfumes

Tratamento

Novidades

Looks

Cabelos

  • Instagram ícone social
  • Twitter Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Pinterest Social Icon