Perfumes de Verão I Presentear com Requinte

Campo de flores
A menina loura em um campo
flor

O calor, finalmente, deve estar a chegar. Mas, que não surja tão destemperado como o nosso pais, onde muitas poucas coisas batem certo.

Por vezes, dou comigo a interrogar-me e quase a concluir que sou demasiado exigente. Mas, observando o que se passa à nossa volta, nas mais diversas situações, é impossível acreditar que o desleixo com que muita gente se apresenta nos locais onde as regras da boa educação exigem que os homem se apresentem de fato e gravata e as mulheres com um vestuário adequado aos actos onde vão como convidados, já não ultrapassou todos os limites. E esta observação tanto serve para quem vai a uma inauguração de uma Mostra especial na Gulbenkian – uma instituição fundada por um senhor que foi o pai de muita gente, o educador de excepção, alguém a que todos os portugueses devem uma enorme gratidão. Quantas pessoas fizeram as suas carreiras com as bolsas de estudo por ele criadas, quanta gente recebe um banho de cultura com o Museu, a Biblioteca e tudo quanto pôs ao nosso alcance, porque acreditou na paz que existia em Portugal ? É evidente que se fosse hoje, o Sr. Gulbenkian fugia daqui e não deixava absolutamente nada em Portugal.

O Sr. Calouste Gulbenkian tinha um gosto altamente requintado, uma visão das artes decorativas e plásticas de rara invulgaridade e acreditou que os portugueses mereciam as suas colecções. Pela minha parte, que nunca fui sua bolseira, louvo com a alma e coração tudo o que fez por nós.

Neste momento, o Senhor Gulbenkian está numa outra dimensão e não lê o que escrevo sobre a sua generosidade, apesar disso, agradeço-lhe e peço desculpa por todos quantos têm o desaforo de ir a uma exposição sua como aquela a que assisti hoje, dia 11 de Julho de 2019, vestidos e calçados como se fossem à Feira do Relógio, um local onde me prezo de nunca ter ido.

Graças a Deus que havia gente bem vestida e bem calçada, mas também criaturas com um desmazelo sem classificação.

Neste momento, os leitores já devem estar a pensar: afinal o que tem a gente mal vestida com as festas de Verão e o presentear com requinte. Mas, está dentro do espírito da mudança desmazelada que se está a verificar cada vez mais.

A mim, enquanto directora desta revista que se preza de sempre ter dado o melhor do melhor do mundo a nível de história, de artes plásticas e de artes decorativas (onde entra também a moda do vestuário), ninguém me viu nem verá nivelar nada, nem ninguém pela zona do lixo, da vulgaridade, do corriqueiro. Não! Esse não é o caminho traçado pelos nossos estatutos editoriais. Não e não mesmo.

Assim, porque vou escrever sobre perfumes, um tema que muito me agrada, aproveito o momento para fazer um reparo a algumas pessoas que são convidadas para as festas de verão e que vão a uma pastelaria comprar uns bolinhos. Coisa caricata!

É evidente que se a relação entre quem recebe convidados ou quem vai a casa de amigos é de família, pois então a cortesia fica apenas para os amigos com quem se faz alguma cerimónia, já que não se vai jantar a casa de ninguém sem levar uma pequena lembrança e é aí que entra o requinte do presente de um perfume de Verão.

Não há ninguém que não aprecie receber um perfumante seja ele sob a forma de uma água de colónia ou de perfume, aconselhando-se sempre para a época quente um aroma fresco. É a este gesto tão simples de oferecer um perfume, já que no Algarve comprar um ramo de flores é mais difícil do que adquirir uma jóia de alto preço... Honra seja feita ao Sr. Apolónia que tem alguns supermercados onde vende flores, mas não são propriamente aqueles “bouquets” que as mulheres mais requintadas apreciam. Ora, perfumarias, há praticamente em todas as cidades e estão com muitas marcas boas disponíveis.

Caros leitores, façam a diferença. Ao aceitarem um jantar em casa de amigos ou mesmo num restaurante, levem um pequeno embrulho, bonito e com um bom aroma que perpetue o excelente convívio que vos foi generosamente oferecido.

Em Espanha, também há quem leve um garrafa de vinho especial para o anfitrião e um perfumante para a anfitriã.

Vão ver como quem os convidou vos mostra um grande sorriso e como há pequenos nadas que dizem tudo sobre o carácter de um cada um de nós.

Nunca é demais recordar que não se deve aplicar nenhum perfume quando se vai à praia, reservando-o apenas para depois do banho de água doce. Na praia, os produtos solares são imprescindíveis, mas levando em atenção que o uso de   protectores deve obedecer mais do que nunca a novas regras, a saber: usar protectores sem microplásticos na sua composição e sem adição de repelentes de insectos.. Não usar protectores em spray porque é urgente salvar a vida marinha e a nossa, evidentemente. 

Neste verão que ainda desconhecemos como será, desejamos bons banhos de mar calmo, com água mais quente do que aquela dos últimos dias, boa temperatura do ar e ausência de insectos.

Os nossos votos são simples: grandes dias de praia, grandes noites, com boa música, solidez nas amizades, ambiente apenas possível por quem sabe o que é ser chique, o que é presentear com requinte.

 

Marionela Gusmão

2
1
4

LANVIN I A GIRL IN CAPRI

Algumas das melhores recordações parecem existir longe docaos e da agitação quotidiana. Um toque de magia, milagres silenciosos: uma brisa marítima, um beijo suave sobre o pescoço, o eco de uma fonte de verão... E agora, a nova fragrância Lanvin.

Se quem nos lê já foi a Capri, permaneceu algum tempo da gruta azul de mão dada com o amor da sua vida, sabe do que falamos. Se, por acaso nunca lá foi, esta talvez seja uma boa

sugestão a não perder numa próxima oportunidade.

A RAPARIGA E A ILHA

Para já, comece por adquirir a fragrância “A GIRL IN CAPRI” e sentirá que ela possui uma elegância genuína, um encanto puro. E a frescura que reflecte é tão luminosa como o dia. A “GIRL IN CAPRI”, ou a expressão da verdadeira alegria.

 

Uma expressão que nos atrai naturalmente. A sua gargalhada refrescante, os seus olhos joviais e a sua liberdade assumida tornam a sua companhia encantadora. O seu estilo, a sua juventude, são irresistíveis.

Ela vagueia pela ilha encantada que, desde o Império romano, é como um canto de sereias atraindo aqueles que adoram o Mediterrâneo. A GIRL IN CAPRI, é uma fragrância a que nós chamamos: a luz da feminilidade.

 

A promessa de amor e beleza está por todo o lado. O mar é de um azul autêntico, a sua cor mais transparente que nunca e a sua natureza mais luxuriante do que em qualquer outro lugar. Cores e aromas abundam em redor. Brancas são as casas, verdes as folhas, fúcsia as buganvílias e quase pretas as silhuetas dos pinheiros, agarrados às falésias abruptas. Dourados são os raios de sol, rosa o aroma das flores e amarelo os citrinos. A GIRL IN CAPRI, ou a personificação do “dolce vita”?

 

Esta terra é cultivada há mais de 2.000 anos e relembra o Éden ou o Jardim das Hespérides. A GIRL IN CAPRI, nasceu das mãos de Deus com a arte da subtileza.

A FRAGRÂNCIA

A doçura bucólica dos pomares e dos jardins recheados de frutos. A composição abre com a essência de limão-Primafiore. Uma fragrância luminosa intensamente optimista, tal como o sol do meio dia quando entorna a sua luz ofuscante nos passeios das ruas silenciosas. Este limão distingue-se pela excepcional qualidade do seu óleo aromático e pelas suas flores constantes que impregnam as ruas com os seus aromas inebriantes durante todo o ano. A bergamota vem temperar este início vibrante e a pimenta rosa concede um toque de malícia.

 

O coração da fragrância exibe a delicadeza incomparável de uma flor branca pouco conhecida. Conforme as pétalas das flores da árvore da Toranja se soltam, são similares às flores de néroli. Mas estas são mais luminosas, mais vivas e ousando dizer, mais elegantes. Simplesmente requintada, infinitamente graciosa. Em contrapartida, porque Capri é um paraíso que emerge das águas, a ílustre perfumista Sophie Labbé elaborou um acordo de brisas marinhas (muito) subtil.

 

Porque espera para se sentir em Capri? É só sair do seu conforto, entrar numa boa perfumaria e pronunciar: Girl e Capri. A balconista sabe o que a cliente que tem diante de si pretende adquirir: o sonho de uma ilha fabulosa à mão e o cheiro que cativa o homem mais indiferente. Não espere mais. Este vai ser o perfumante nº. 1 do Verão 2019.

PR VISUALS_MICHAEL B JOARDAN_DIGITAL (4)
CC007A01_COACH PLATINUM_EDP_100ML_BOTTLE

COACH MEN I A grande novidade do Verão

 

COACH é uma marca que até agora sempre foi feminina e que acaba de alargar-se ao universo masculino através de um aroma desafiante.

 

A campanha publicitária foi criada em colaboração com o director artístico Fabien Baron, o fotógrafo Craig McDean e a estilista Jane How, com a participação da estrela Michael B. Jordan, o rosto de Coach Men. A cena ocorre numa garagem revestida de reflexos cromados, destacando a virilidade de Michael através de um carro antigo, daqueles que são muito cobiçados!

A campanha foi protagonizada pelo actor e produtor Michael e produtor B. Jordan, que está a redefinir as normas de Hollywood, inspirando optimismo, autenticidade e uma atitude cool – a personificação do homem Coach idealizada por Stuart Vevers, um sonhador com um encanto rebelde.

 

A FRAGRÂNCIA

O perfume abre com notas frescas de Óleo de Pimenta Preta, Ananás e Bagas de Zimbro. O coração revela uma conjugação característica de notas masculinas, florais – Sálvia e Gerânio, intensamente contrastadas com madeiras refinadas – Cashmeran, Patchouli e Sândalo e um acorde de baunilha com uma nuance viciante de couro, para uma assinatura quente, sensual e elegante.

 

A INSPIRAÇÃO

Coach Platinum inspira-se no típico road trip americano que começa e termina em Nova Iorque. Dinâmico e quente, encarna o lado mais aventureiro do homem Coach.

“Eu queria criar uma fragrância que capturasse o estilo de vida elegante de um homem que adora fugir da agitação de Nova Iorque para sentir aquela sensação única do retorno à cidade, às origens, no momento do regresso.” – Bruno Jovanovic, perfumista, Coach Platinum

 

O FRASCO

Revestido de um lacado metalizado e espelhado, o frasco é um verdadeiro objecto de design de luxo que celebra os códigos icónicos Coach. A tampa em spray inspirada no fecho metalizado evoca o mecanismo de abertura original das malas Coach de 1954, e o logotipo gravado da marca Coach, do cavalo e carruagem, adorna a superfície lisa do frasco. Ligeiramente transparente quando em contra luz, o frasco representa a personalidade “cool” e magnética do homem Coach.

 

A HISTÓRIA DA MARCA COACH

Coach, a casa americana de acessórios de pele, foi criada em 1941, no coração de Manhattan. Hoje, lidera enquanto casa de design de acessórios modernos de luxo e coleções de inspiração “lifestyle”, com uma reputação de longa data baseada na perícia do seu” know-how”.

Definida pelo seu sentido de liberdade rebelde 100% americano, a marca aborda o design com uma perspectiva moderna, reinventando o luxo de hoje com uma autenticidade que torna tudo o que produz em materiais de desejo.

Hoje, em todo o mundo, Coach é sinónimo do estilo “effortless”, simples e próprio de Nova Iorque.

RISING SUN
RISING SUN
RISING SUN

RISING SUN

 

Concebido para homenagear o Verão, a estação da felicidade crescente e do bem-estar profundo, Rising Sun reflecte a acção energizante que o sol tem no nosso organismo.

Rising Sun, criado pelo perfumista Jean Jacques, foi inspirado num encontro amoroso ao nascer do Sol e conta a irresistível atracção do nascimento de um amor, do optimismo impertinente das primeiras emoções, uma vibração intensa que percorre os sentidos.

Tudo isto, sob o calor suave do luminoso nascer do Sol.

 

Os ingredientes.

Como uma agradável brisa matinal, a efervescência do cocktail dos cítricos frescos produz o efeito de um amor à primeira vista. A sensualidade instala-se à medida que o sol conquista o céu, em espirais luminosas de ylang ylang ondulante, de rosa exuberante e do hipnótico jasmim.

O calor inebria a pele com uma faceta voluptuosa de coco, com um almíscar untuoso e uma carícia de caxemira.

Rising Sun é perfeito para os dias ao sol*. Foi formulado e testado para minimizar os riscos de foto-toxicidade e de foto-sensibilidade.

*não substitui um protector solar.

 

O Sol num frasco.

Para além das notas evocativas, Rising Sun tem realmente benefícios aromacológicos reais ao provocar emoções e um efeito energizante cientificamente comprovado.

Pioneira em Neurociência aplicada à aromacologia, a Shiseido associou-se ao perfumista Takasago, para aproveitar ao máximo este conhecimento de excepção.

Os resultados do teste, efetuado a 109 voluntárias, demonstrou uma sensação energizante realmente perceptível.

Para além disso, e graças à técnica CNV (Contingente de Variação Negativa) que, permite quantificar e analisar as ondas cerebrais expostas a estímulos, a fórmula do perfume foi testada e o seu efeito energizante foi confirmado.

 

Embalagem evocativa.

Esta essência de luz desvenda a sua luminosidade no interior de uma embalagem semelhante a um sol que reflete a magia do amanhecer.

Desenhado como uma esfera sensual, aninha-se instantaneamente na palma da mão. Esta embalagem reflecte os códigos do produto e acrescenta um toque que completa a história, ornamentado com um símbolo minimalista do sol nascente.

Eis uma novidade que nos apraz divulgar para contribuir para uma maior felicidade às nossas leitoras que têm tido um verão pouco amigo.

ónimo do estilo “effortless”, simples e próprio de Nova Iorque.

FESTIVOS

Dia da Mãe

Natal

Páscoa

Dia do Pai

Santo António

ARTE

Exposições

Museus

Colecções

História

Notícias

MODA

Alta Costura

Prêt a Porter

Tendências

Acessórios

Notícias

BELEZA

Perfumes

Tratamento

Novidades

Looks

Cabelos

NOTÍCIAS

Perfumes

Tratamento

Novidades

Looks

Cabelos

  • Instagram ícone social
  • Twitter Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Pinterest Social Icon