Pulseiras I ​​Prisão nos braços/ Liberdade na fantasia

Valentino

Valentino

Valentino

Jean Paul Gaultier

Alexandre Vauthier

Alexandre Vauthier

Alexandre Vauthier

Alexandre Vauthier

Armani Prive

Armani Prive

Armani Prive

Armani Prive

Armani Prive

Armani Prive

Armani Prive

Elie Saab

Elie Saab

Georges Hobeika

Georges Hobeika

Georges Hobeika

Georges Hobeika

Georges Hobeika

Georges Hobeika

Giambattista Valli

Nesta revista online, “ filha dilecta” da revista Moda & Moda em suporte de papel, onde sempre manifestámos o nosso gosto por pulseiras, pois ao longo dos seus 32 anos de existência, temos-lhes dedicado alguns espaços, principalmente no que se refere ao período romântico de Napoleão III e ao período delirante dos famosos Anos 20 do séc. XX.

O nosso trabalho mais profundo sobre pulseiras viu a luz do dia em Novembro de 1992, onde salientámos que a joalharia é uma arte decorativa que data da mais Alta Antiguidade. Até nasceu primeiro do que o vestuário…

É evidente que a maioria dos nossos trabalhos sobre pulseiras, se referiram sempre à Joalharia trabalhada com metais nobres, pedras preciosas e pérolas. Continuaremos a fazê-lo na revista em suporte de papel.

Ora, a revista online abrange outro público e, não tem muita lógica publicar pulseiras de milhares de euros.

Também não é nossa intenção que os modelos que apresentamos ultrapassem o papel da informação do que está em moda.

Nenhuma das marcas apresentadas está à venda no nosso país, o que significa que estas pulseiras sugerem apenas o que as leitoras podem adquirir com “design” semelhante.

Com efeito, as pulseiras prendem os braços, mas a sua escolha permite a liberdade de todas as fantasias (mais pobres ou mais ricas), segundo a bolsa de cada uma de nós.

A propósito, informamos que no final da época Vitoriana era frequente o uso de três pulseiras em cada braço, perfazendo um total de seis por figura feminina, colocadas no braço, no antebraço e no pulso, ligadas entre si por correntes separadas por camafeus e pedras. Tinham consigo reminiscências do gosto oriental, mais propriamente da Índia, país nesse tempo conhecido como a “Jóia da Coroa” de Inglaterra.

Os Centros Comerciais estão cheios de bijutaria… a muitos preços!

 

MG

FESTIVOS

Dia da Mãe

Natal

Páscoa

Dia do Pai

Santo António

ARTE

Exposições

Museus

Colecções

História

Notícias

MODA

Alta Costura

Prêt a Porter

Tendências

Acessórios

Notícias

BELEZA

Perfumes

Tratamento

Novidades

Looks

Cabelos

NOTÍCIAS

Perfumes

Tratamento

Novidades

Looks

Cabelos

  • Instagram ícone social
  • Twitter Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Pinterest Social Icon