Festas de Agosto I Durante e depois do Pôr do SOL

Ao entardecer, quando o Sol de Agosto escorre rosa vivo pelas paredes brancas do Algarve, começam as festas elegantes.

Em regra geral, as mulheres são as que mais deslumbram. Os homens, com o seu classicismo, não se arriscam a grandes fantasias porque não lhes agrada que os tomem por aquilo que não pretendem ser. E, por isso, as sofisticações vão para o mundo no feminino. 

Em Agosto, existem as festas que não vão além do pôr do Sol, onde pontuam os vestidos curtos ou as longas saídas de praia que sejam deslumbrantes. Os homens vestem camisa, não põem gravata, vestem casacos escuros e calças claras, mas evidenciam o dourado da sua pele da mesma maneira que o mundo feminino. 

As grandes festas de verão continuam a ser no Algarve, nos hotéis de Luxo, nos espaços públicos mais em voga, mas já soam que também há quem realize festas de pôr do Sol na Comporta. 

Ora, a Comporta é uma zona que muitos detestam porque tem demasiados mosquitos, insectos incómodos, que prejudicam o nosso bem-estar tão desejado no Verão.

E existirá alguém que goste de ser incomodado nas suas férias?

As festas do pôr do Sol, em Portugal continental, não existiam.  A primeira vez que ouvi essa expressão foi em Lourenço Marques onde os médicos eram convidados com as respectivas mulheres a essas festas no Hotel Polana. E quem os convidava? Pois bem, eram os representantes dos laboratórios médicos que queriam sempre que os médicos não se esquecessem dos seus produtos. Nestas histórias há sempre algum interesse escondido, mas pela minha parte nem pensava nisso. O que pretendia mesmo era divertir-me e que o tempo corresse depressa para voltar a Lisboa. 

Desconheço o que se passa no norte do país e se esta moda das festas ao pôr do Sol também fazem parte das férias no centro e no norte.

Os convites para jantares festivos

 

As festas à noite, são sempre mais sofisticadas, mas o momento dos drinks inicia-se por volta das 19.30. Há quem convide bons músicos para animar o espaço junto às piscinas onde se desenrolam os grandes jantares, nada faltando desde  as excelentes entradas até aos pratos elaboradíssimos dos peixes e mariscos, nem as carnes de caça ou de vitela, até às sobremesas que incluem doces e frutas. O champanhe corre e escorre, algumas vezes do início ao fim do jantar, outras, os vinhos branco e tinto de colheitas especialíssimas contribuem para que a alegria aumente progressivamente. 

Gostaria de responder à gentileza com que sou tratada mas a minha casa não tem espaço para receber muitos amigos. Beneficio de um grande terraço com a melhor vista do Algarve,  na casa que comprei com o meu marido de pois de ter possuído uma no Alto de Albufeira onde se via o sol nascer. Nesta, também vejo o nascer do Sol e o pôr do Sol. Duas benesses que Deus me concedeu. Porém, tenho dois quartos e uma única casa de banho. Com estas condições não me atrevo a fazer grandes festas, embora já lá tenha organizado passagens de ano e carnavais com dezoito pessoas à mesa. Lembra-se mano de como nos divertíamos? 

 

Jantares à noite

A noite cai, mas o calor aumenta porque nestas festas tudo está pensado para que a sofisticação ganhe terreno ao entardecer. Cada anfitrião faz a sua festa como se fosse a única e, por isso, exige que nada falte aos seus convidados, os mesmos que se irão encontrar até na mesma localidade, provavelmente na Quinta do Lago. 

Por tudo o que atrás fica dito, percebe-se que estas festas não são de jogadores de futebol por muito dinheiro que tenham, mas… por outra gente. Aquela que o 25 de Abril não conseguiu destruir, apesar das muitas nacionalizações, das milhentas barbaridades... Os gurus do mal não conseguem vencer as pessoas inteligentes. Por mais que façam, GENTE que é gente,  sabe renascer das cinzas e tem cultura suficiente para ganhar a vida em qualquer parte do mundo, sem roubar nada a ninguém.

Na nossa redacção temos três convites para três diferentes jantares. Iremos? Talvez! Gosto de falar com gente que mesmo que tivesse vivido algum tempo em África é bem educada, sabe o que é receber amigos e dispensa os duques de peúgas cor-de-rosa, porque estão habituados a barões (o título mais inferior na nobreza)  como os Rothschild com quem conviveram toda a vida.

Pois, se Deus me der vida e saúde, vou a estes jantares onde posso conversar com todos os presentes, onde me tratam com delicadeza e carinho.

São amigos que me convidam apenas por estima e não querem publicidade das suas vidas privadas.

A estes convites já confirmei a minha presença que pede smoking para os homens o que significa que as mulheres têm de usar vestidos longos.

Ora, como muitos sabem, não sou pobre mas também não sou rica e três festas com “toilettes” diferentes não são  fáceis. Exigem pensar nos presentes que no Algarve são difíceis. A todos vou levar perfumantes. Quanto ao vestuário,  a ver vamos como me habilito a conjugar as saias de noite com as blusas de folhos, os vestidos até aos pés com decotes assimétricos, que nos metem na moda sem riscos, desde que o modelo tenha a carga da elegância.

Suponho que haverá mais festas de traje de noite. Portugal tem gente elegante de norte a sul. Mas, não tenho conhecimento de nenhuma festa no norte. 

Partindo do princípio que haverá festas elegantes de norte a sul do país, aqui ficam as sugestões da Moda & Moda na esperança de agradar a alguma cliente do João Rolo ou do Tony Miranda. 

Meus queridos leitores, desejo-lhes um verão com muita alegria e bons sabores. 

Se Deus quiser, ainda irei a uma espécie de restaurante que fica em Cacela Velha, junto da igreja onde em tempos existiam túmulos da minha família, mas os disparates também já chegaram ali e ainda hei-de ver aquela igreja renascentista sem nada lá dentro. No cemitério que lá conheci, um presidente da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António, mandou arrasar as campas e fez lá um cinema ao ar livre. Rapaz jeitoso! Gostava de o conhecer para o medalhar com uma tampa de uma garrafinha da Sagres ou da Super Bock. Merece uma medalha de lata.

Não quero nada com essa gente. Prefiro os meus amigos que estão preocupados com o ambiente.

Desejo a todas as leitoras um verão muito feliz. Prometo desvendar-lhes alguns segredos da temporada que se aproxima sem darmos muito por isso.

Verão, bendito sejas!

 

Marionela Gusmão

FESTIVOS

Dia da Mãe

Natal

Páscoa

Dia do Pai

Santo António

ARTE

Exposições

Museus

Colecções

História

Notícias

MODA

Alta Costura

Prêt a Porter

Tendências

Acessórios

Notícias

BELEZA

Perfumes

Tratamento

Novidades

Looks

Cabelos

NOTÍCIAS

Perfumes

Tratamento

Novidades

Looks

Cabelos

  • Instagram ícone social
  • Twitter Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Pinterest Social Icon