Bainhas I Entre o Sobe e o Desce

Barómetro das modas, as bainhas das saias têm nesta temporada Primavera/ Verão 2017, mais que uma tendência contrária. Vamos ver que leitoras aderem à mini muito mini, às bainhas pelo meio das coxas, a roçar os joelhos, a meio da perna e quase até aos pés. Digamos que nesta temporada, as bainhas descem e sobe tanto como os barómetros que indicam a temperatura do ar.

Ainda bem que a moda é tão democrática que joga em todas as frentes, satisfazendo todos os gostos e até escondendo as imperfeições das pernas muito gordas ou muito magras e, principalmente, a celulite.

Vai longe o tempo em que as pequenas excentricidades só adquiriam, ao fim de muitas temporadas, o estatuto da normalidade.

Mas, mesmo assim, as saias compridas para o dia-a-dia, ainda são vistas pelos mais conservadores como excentricidades que passam pelas raças ciganas ou o vestuário das asiáticas que circulam actualmente na zona do Martim Moniz, em Lisboa.

As saias muito curtas, também são criticadas e até há que diga: gente que veste tal roupa, não tem vergonha.

Afinal, em que ficamos?

Exactamente naquilo que a liberdade individual decidir.

Para ajudar nessa escolha, optamos por apresentar vários modelos completamente opostos, mas representativos do eclectismo que nos rege. Ecletismo que passa por vários tipos de tecidos, por estilos que vão do “baby”, “casual” chique à máxima sofisticação com passagem por França, EUA, Índia…

Atenção: Conforme os estilos, as bainhas sobem e descem de acordo com as “temperaturas” da Moda.

 

Catarina Bacelar

FESTIVOS

Dia da Mãe

Natal

Páscoa

Dia do Pai

Santo António

ARTE

Exposições

Museus

Colecções

História

Notícias

MODA

Alta Costura

Prêt a Porter

Tendências

Acessórios

Notícias

BELEZA

Perfumes

Tratamento

Novidades

Looks

Cabelos

NOTÍCIAS

Perfumes

Tratamento

Novidades

Looks

Cabelos

  • Instagram ícone social
  • Twitter Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Pinterest Social Icon