Mia Me Mine I Halloween

 

Eu sou o que pensas quando achas que ninguém está a observar. Eu sou o que procuras quando desejas novas sensações. Eu sou tudo o que faz com que os teus sonhos pareçam mais realistas. O que é real é confundido com o que é imaginário. Eu levo-te para um mundo de contrastes. Para um lugar mágico e misterioso onde a luz é confundida com a realidade, onde a natureza selvagem recebe-te de braços abertos, onde nada é o que parece e tudo está ao teu alcance.

Eu sou tudo o que encontras quando desejas algo inesperado. Sou eu quem te acompanha quando queres ir à descoberta do desconhecido. Sou eu quem está ao teu lado quando destemidamente te atiras de cabeça. Sou eu quem te impulsiona quando estás tão certo de que nada te pode impedir. Eu sou o que mais prezas quando exploras o inexplorável, quando estás ansioso de te perderes dentro do teu eu mais íntimo.

Sou eu quem te empurra a sentir mais. Sou eu quem desvenda e explora os teus impulsos mais íntimos. Sou eu quem te faz gostar do que vês e desejas o que sentes.

Sou eu quem te inflama, quem te tenta a querer mais, a procurar mais, a desejar mais. Eu sou o que te muda para que queimes em desejo e, ao mesmo tempo, sou a fantasia que precisas para apaziguar. Sou eu quem marca o teu desejo de desfrutar, quem está no outro extremo da linha da tua paixão. Eu sou o sussurro que faz o teu coração vibrar. O chamamento que ilumina a tua alma. Eu sou a conversa que te leva para o que antes era um lugar proibido, o sussurro que estás ansioso por ouvir, o que ouves em cada respiração.

Sou o prazer que ecoa dentro de ti, o prazer que te espera, a liberdade que sempre procuraste e que sempre esteve à tua espera.

Eu sou Mía, Me, Mine

Mía, Me, Mine… Três palavras que despertam a paixão dentro de nós.

Mía, Me, Mine. Os meus desejos mais íntimos. O que eu possuo, o que me excita, o que me chama.

Eu não sou apenas o que vês. Quando estou sozinha, tudo dentro de mim vibra e mais do que nunca, desejo explorar os meus limites.

O meu corpo é curvo e feminino. Oval, liso e subtil. Não tem limites. A natureza grita por mim. Eu quero mais. Um toque, uma memória... Estou sozinha com Mía Me Mine. A tampa é angular, geométrica e robusta.

A cor do perfume, do meu interior: malva profunda. Côr das minhas fantasias íntimas, sensuais que me permitem desfrutar da minha solidão livremente. Sonhos e desejos de côr malva. Uma cartonagem misteriosa. Tons escuros e íntimos de desejo que se mantém reservados em público, mas são libertados quando estou sozinha. Desejos profundos com uma mensagem muito clara: o que está dentro é Mía; Mia Me Mine.

Uma fantasia que só pode ser minha. Um mundo bem conhecido e surpreendente... esta fragrância que me muda e chama por mim...

Os meus sentidos são despertados e milhares de estímulos mágicos aparecem. Entrego-me ao jardim das delícias.

Uma flor selvagem desenha o coração de Mía Me Mine, uma flor fiel à sua imagem: Digitalis Purpurea (Dedaleira/Campainha). Provocadora, acelera a minha pulsação, soltando as minhas palpitações mais proibidas. Quem experimenta fica fascinado. Notas frutadas e nuances doces. A flor sussurra e seduz em todos os sentidos.

O seu perfume explode com a frescura exótica do Yuzu e evolui calorosamente, cativando-me com a sua intensa e viciante doçura da Davana (planta florida oriunda do Sul da Índia).

Entrego-me a esta experiência sensual com um arrepio delicioso. A minha pele é invadida por notas de pimenta rosa e líchia. As bagas cintilantes beijamme de uma forma proibida. O meu coração bate mais rápido e dança ao ritmo desta viciante flor. Eu conheço este prazer hipnótico e saboreio as nuances proibidas do néctar do Patchouli. Entrego-me incansavelmente ao êxtase da satisfação.

A minha pele nua e solitária é a exaltação do Almíscar. Eu pertenço a este mundo e a todos aqueles que podes imaginar.

Eu sou Mía Me Mine, a Eau de Parfum Floriental Frutada, com um toque chipré que me tenta a querer ainda mais. Criada por Juliette Karaguezoglou.

Notas de Cabeça: Líchia, Yuzu, Pimenta Rosa.

Notas de Coração: Digitalis Purpurea.

Notas de Fundo: Néctar de Patchouli, Davana LMR, Almíscar.

Eu posso ouvir o interior da floresta da minha fantasia. Sinto o convite de Mía Me Mine de perder-me no deleite de uma fantasia íntima e misteriosa. Eu admito o desejo de querer mais e sei que sempre há algo novo e inesperado cada vez que sou chamada...

Director Criativo: Eugenio Recuenco

Modelo: Tegan Desmond

FESTIVOS

Dia da Mãe

Natal

Páscoa

Dia do Pai

Santo António

ARTE

Exposições

Museus

Colecções

História

Notícias

MODA

Alta Costura

Prêt a Porter

Tendências

Acessórios

Notícias

BELEZA

Perfumes

Tratamento

Novidades

Looks

Cabelos

NOTÍCIAS

Perfumes

Tratamento

Novidades

Looks

Cabelos

  • Instagram ícone social
  • Twitter Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Pinterest Social Icon