Acqua di Parma O mais exclusivo perfumante do Natal 2016

 

A Acqua di Parma, um dos perfumantes mais delicados do mercado é a grande notícia do Natal 2016, pois festeja o seu 100º. Aniversário com o cerimonial que esta marca merece.

Acqua di Parma é uma empresa italiana de perfumes e complementos, fundada em 1916 (ainda a Europa vivia o flagelo da 1ª. Guerra Mundial) para satisfazer os desejos de requinte de um nobre da pequena capital do “savoir-faire”, na época de Verdi e Maria Luísa, tão amada por Stendhal, contrariando os perfumantes de origem alemã, fortes e intensos, populares naquela época.

A empresa foi fundada na cidade italiana de Parma e celebra, agora, o seu legado com a cidade ducal, berço aristocrático da arte, da cultura e da grande Ópera Italiana, que encontra as suas raízes no Teatro Real de Parma.

A Acqua di Parma nasceu num pequeno laboratório como um perfume de fragrância fresca, moderna e mediterrânica, surpreendendo pela sua pureza que era devida aos seus ingredientes exclusivamente naturais.

Na década de 1930 até mais tarde, o seu crescimento foi assombroso pela sua popularidade entre as estrelas de Hollywood, entre as quais se destacam, Ava Gardner, Cary Grant, David Niven ou Audrey Hepburn.

OS VALORES DA MARCA

Acqua di Parma é a expressão de um “saber viver” e um “saber fazer”, exclusivamente italianos. Todos sabemos que os habitantes da pátria de Dante são os mais requintados da Europa, os mais selectivos, os mais chiques.

Qualidade, criatividade, elegância e exclusividade são os valores básicos do estilo Acqua di Parma.

A qualidade deriva da cuidadosa escolha dos materiais e das preciosas elaborações artesanais. No ano do 1º Centenário, a criatividade dá nova forma ao seu estilo clássico e intemporal.

 A elegância resulta do estilo inato que conjuga as efémeras tendências do momento. A exclusividade caracteriza o papel único de todos os produtos Acqua di Parma, já que servem para exaltar e celebrar a sua própria essência.

Não se pode escrever sobre o 1º. Centenário da Acqua di Parma, aquela que a Moda & Moda elege como uma das suas mais preferidas, sem lembrar o impulso que a empresa levou em 1993 por três importantes homens de negócios, de nacionalidade italiana, dois dos quais conhecemos pessoalmente: Diego della Valle (presidente do grupo Tod´s) Luca de Montezemolo (Presidente da Ferrari) e Paolo Borgomanero (accionista de La Perla). Em 2001, a Acqua di Parma foi adquirida pela LVHM e actualmente, a empresa tem a sua sede em Milão.

 

NOTE DI COLÓNIA I

Uma homenagem, a um dos temas musicais mais célebres da Ópera Italiana – A Traviata – de Giuseppe Verdi.

Uma fragrância que transmite a atmosfera borbulhante e de convívio do – Brindisi – das festas da nobreza

dos inícios do séc. XIX.

 A alegria, o brio e as festas vibram nos acordes luminosos e solares da Bergamota e do Néroli. A harmonia melodiosa do soprano e do tenor é de seguida capturada na valsa olfactiva da Lavanda, da Rosa e da Violeta, oferecendo assim um toque doce e aromático que nos surpreende. Por fim, o carácter precioso e envolvente do Patchouli e da Madeira de Cedro oferecem uma assinatura intemporal, vibrante e moderna, mas classicamente Colónia.

 

NOTE DI COLONIA II

Um hino à consciência da vitória, aos instantes que oferecem a esperança única e sem tempo. Um tributo ao “Nessun Dorma” da ópera – “Turandot” – de Giacomo Puccini. Uma criação que repercorre o estado de alma do protagonista entre a esperança e a pausa, numa união entre os acordes frescos da Laranja, da Bergamota e da Pamplemousse com as notas aromáticas do Cardamomo e do Basílico. Uma sinfonia crescente, que toma corpo e firmeza com a quente e profunda nota da Madeira de Sândalo e do Gaiac, do Vétiver e do Musk. Um virtuosismo olfactivo sofisticado e intenso de carácter determinado.

 

NOTE DI COLONIA III

O triunfo, a força, o heroísmo, são representados na abertura da “Marcha Triunfal”, um dos mais célebres actos da “Aida” de Giuseppe Verdi.

Note de Colonia III percorre o aspecto majestoso e o sentimento de eternidade da partitura musical onde a solenidade das notas do trombone se retêm no acordo da Mandarina e do Gengibre, e em que os violinos e as flautas soam um hino à glória das festas e das danças numa obra virtuosa de Oliban, de Vétiver e de Jasmim. As notas de fundo, lembram o aspecto sagrado, graças aos acordes quentes e intensos da Mirra, Cisto Labdano e Fava Tonka. Uma criação olfactiva, requintada, elegante e eterna, inspirada na Marcha Triunfal da Aida. 

 

ACQUA DI PARMA – 1º. Centenário

Para marcar o 1º. Centenário da Acqua di Parma, com grande pompa, a empresa criou três aromas, originando uma colecção de fragrâncias raras, autênticas e requintadas, que reinterpretam os temas célebres de óperas sob a forma de Águas de Colónia. Virtuosíssimas notas olfactivas apresentadas num frasco precioso, que retoma o “design” dos primeiríssimos frascos históricos de Água de Colónia datados de 2016, fazem parte da celebração.

FESTIVOS

Dia da Mãe

Natal

Páscoa

Dia do Pai

Santo António

ARTE

Exposições

Museus

Colecções

História

Notícias

MODA

Alta Costura

Prêt a Porter

Tendências

Acessórios

Notícias

BELEZA

Perfumes

Tratamento

Novidades

Looks

Cabelos

NOTÍCIAS

Perfumes

Tratamento

Novidades

Looks

Cabelos

  • Instagram ícone social
  • Twitter Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Pinterest Social Icon