PhilippPlein_W008_1
PhilippPlein_W011_1
Versace_W041_2
Valentino_W058_0
SimonettaRavizza_W015
SimonettaRavizza_W012
SimonettaRavizza_W011
Shi-rt_W018
Ricostru_W008_1
PhilippPlein_W011_1
LauraBiagiotti_W013_1
LauraBiagiotti_W011_1
Kiton_W006
GilbertoCalzolari_W019_0
GilbertoCalzolari_W020_0
DolceGabbana_W086_0
ActN1_W013_1
Boss_W108_1
DolceGabbana_W059_0
DolceGabbana_W036_0

Verde I A Cor da Esperança 

Em tempo onde ainda decorre a pandemia provocada pelo COVID, uma maldição que nos veio da China, recorrer ao verde para o nosso vestuário é manifestar o desejo de esperança em dias melhores. 

De folhagem verde se cobrem as árvores mal começa a Primavera e nós desejamos que os pesadelos que temos vivido desapareçam “para sempre”.

No jardim da casa onde habitamos a folhagem já desponta com vivacidade e no jardim da nossa querida revista Moda & Moda onde umas árvores incómodas levaram a uma horrível razia nas nossas plantas. Todavia, a roseira de Santa Teresinha, milagrosamente já nos deu umas rosinhas par muitos nos satisfizeram e com a Primavera já uma ou outra planta começa a cobrir-se de verde. Viva o Verde! Viva a cor da esperança!

Graças a Deus que a moda da actual temporada, em sintonia com os tons que despontam nos campos (os trigais já estão crescidos e as ervilhas e as favas também já nos oferecem os seus frutos) nos recomenda o verde da cabeça aos pés: “Chapéus, casacos, “taileurs”, malas e sapatos, envolvendo cada um do nós nas qualidades secretas que simbolizam o conhecimento profundo”. E… por estarmos no mês em que começam os casamentos, também recomendamos esta cor para as mais das noivas que prezam respeitar o protocolo. Chamamos aqui uma atenção muito especial, ao vestido da mãe da noiva e, também, do noivo. Nada de tristes figuras com vestidos até aos pés. Essa altura, é para o vestido branco da noiva. E atenção às cores do vestuário das mães. As cores a excluir são: o preto, o branco e o vermelho. As cores mais indicadas são as conhecidas por tons pastel e a altura da saia deve ser um pouco abaixo do joelho. As malas e os sapatos devem ser no tom do vestuário.

Em tempos passados, as mães vestiam-se de “bejes” e cinzentos claros, mas isso está ultrapassado. Hoje, as mães caprichosas e seguras, ainda usam o “beje” os tons

pastel têm mais adeptas. 

Para nós, o verde é urgente para colorir a paisagem de betão que cresce como cogumelos gigantes.

E se as razões ecológicas não bastam para optarmos pelo verde há ainda a considerar os benefícios desta cor sobre o nosso estado de espírito.

As modernas técnicas de comunicação e “marketing” indicam que esta é a cor que mais calma transmite a quem a usa e a quem a vê. 

Neste preciso momento acabo de saber que o Sporting ganhou o Campeonato Nacional. Viva! Viva, grito eu, em memória da minha tia Mariazinha Roquette que tanto amava o Sporting.  

Viva o Sporting!

Vista-se de verde! Está na moda. Não espere mais. Se não estiver ao seu alcance um dos modelos

 

Marionela Gusmão