Calça casaco ou “tailleurI Como  queiram chamar

Ermanno Scervino

Ermanno Scervino

Akris

Alexander McQueen

Akris

Alexander McQueen

Altuzarra

Altuzarra

Altuzarra

Altuzarra

Atlein

Balmain

Dior

Chloe

Dior

Each X Other

Elie Saab

Elie Saab

Givenchy

Givenchy

Hermes

Lanvin

Rokh

Rokh

Rokh

Sacai

Na fronteira entre a elegância e a criação, acende-se a luz verde. A prová-lo estão os conjuntos de calça/casaco que prometem invadir as zonas mais cosmopolitas, embora neste tempos de COVID 19 gostaria de saber onde paira o cosmopolitismo. 

Seja como for, com confinamentos e horários com proibições, preocupações sobre o que será o futuro e até, mais imediato, o dia de amanhã, a moda do vestuário é um escape, além de ser uma indústria que dá trabalho a muita, mas mesmo muita gente.

Quem criou os modelos que apresentamos e o fez em Março de 2020 nem sonhava com a hecatombe que tem abalado o nosso mundo. Pelo que se vê, deduz-se que “vasculharam” os Anos 20 europeus e os Anos 30 de Chicago do ano transacto.

O que aconteceu, o mundo onde nos encontramos tem sido tudo menos o que os estilistas mais famosos sonharam. Assim, muitas lojas vão ficar com as mercadorias nas prateleiras e não há saldos que lhes valham porque as compradoras estão desmotivadas ou pior ainda com falta de recursos económicos para aquisições de vestuário. Trabalhar em casa não é o mesmo que entrar todos os dias, sempre “pimpante” nas repartições do estado, nos escritórios ou até mesmo numa casa comercial de bairro. 

O mundo neste malfadado ano de 2020 deu uma enorme cambalhota. Isso, não é novidade para ninguém. As famosas executivas que iam para os seus escritórios onde exerciam advocacia, medicina, farmácia e outras actividades menos exigentes, o que mais querem é ver o Sol e acordar com saúde em cada dia que Deus lhes dá.

O resto, é tudo acessório. Mas, nós que temos responsabilidades assumidas ,desde 1985, para com as nossas fidelíssimas leitoras, sentimo-nos na obrigação de seguir em frente e escrever sobre o que cada estilista propôs. E é isso que estamos a fazer e o que faremos. 

Sem qualquer obsessão de decalque na imagem masculina, os conjuntos de casaco e calça estão na “ordem do dia”, abrangendo um universo que passa por todas as mulheres de espírito prático, bem à séc. XXI.

É evidente que a mudança do aspecto geral de cada uma de nós passa por um espírito descontraído. De resto, não é o “fato” que confere ao homem a bravura ou a força viril.

Com a mudança, cada vez mais evidente dos cânone estéticos, o dilema feminino entre a saia e a calça prende-se quase exclusivamente com a elegância do corpo. Por exemplo, a uma mulher forte não a aconselhamos a usar um conjunto casaco/calças. Mas, as que têm as pernas demasiadas magras ou gordas , podem escondê-las debaixo de umas calças, ditas masculinas.

Nesta revista somos fãs dos conjuntos calça/casaco. A que se deverá este gosto? Talvez à nossa paixão pela história da moda…! 

Desde muito jovem que senti um grande impulso para aprofundar as motivações da moda do vestuário.

É, por isso que, ainda passados quase 50 anos, escrevo da moda com o entusiasmo de uma adolescente.

No próximo número vou escrever mais um pouco sobre este apaixonante tema (para mim) e juntos desvendaremos os encantamentos da moda mesmo que estejamos a viver uma temporada sombria.

 

Marionela Gusmão 

FESTIVOS

Dia da Mãe

Natal

Páscoa

Dia do Pai

Santo António

ARTE

Exposições

Museus

Colecções

História

Notícias

MODA

Alta Costura

Prêt a Porter

Tendências

Acessórios

Notícias

BELEZA

Perfumes

Tratamento

Novidades

Looks

Cabelos

NOTÍCIAS

Perfumes

Tratamento

Novidades

Looks

Cabelos

  • Instagram ícone social
  • Twitter Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Pinterest Social Icon