Logo M&Mvermelho brabco.png
TheBlonds_W035
TheBlonds_W034
TheBlonds_W026
TheBlonds_W029
TheBlonds_W030
TheBlonds_W014
TheBlonds_W011
TheBlonds_W013
TheBlonds_W012

A Surpresa que assombrou a Moda&Moda

Todos os nossos habituais leitores sabem que a signatária deste texto e diretora desta revista tem ao longo de 37 anos da sua existência dedicado grande espaço à Moda do Vestuário por encontrar nesta área das Artes Decorativas o interesse que se interliga com as outras artes em geral.  

Assim, sempre acompanhámos o que se faz de novo nas “passerelles “ de Paris, Milão, Roma, Nova Iorque, quer se trate de pronto a Vestir ou de Alta Costura, muito embora todos saibamos que a Alta Costura só tem lugar em Paris. 

Nos finais de 2019, recebemos o material fotográfico dos desfiles de Nova Iorque e como a nossa curiosidade é sempre muita, metemos as imagens no computador e ficámos surpreendidos quando deparámos com os modelos de uma marca nova, de seu nome “The Blonds” que já tínhamos visto modelos muito extravagantes e tínhamos lido algures que a dupla formada pelos designers David e Philippe Blond era mestra em trajes de palco do agrado de Beyoncé, Miley Cyrus e Madonna, entre outras personalidades do mundo do espectáculo, não menos provocantes. 

Porém, o mais curioso para mim foi ver que algumas manequins desfilaram com um novo acessório jamais visto: a máscara. 

Ora, se pensarmos que o COVID 19 só chegou à China nessa data, como é que esta dupla foi tão vanguardista ao ponto de apresentar esta solução tão antecipadamente?

Isto é e prova de que são dois personagens muito atentos.

Inspirados no filme The Mummy, os designers incluíram espartilhos adornados com muitas plumas, cristais, vestidos enormemente bordados.

E quando Phillipe Blond fez a sua última vénia com a múmia penteada com cabelos compridos até à cintura e lábios marcantes, isso solidificou o que The Blond e a moda deveriam realmente ser: Uma celebração na moda actual.

É nesta celebração da nova ordem mundial que o casal cubano e porto riquenho quis esmagar o género opressor a as normas sociais.

Sobre a opinião generalizada sobre o que muitos pensam sobre os emigrantes e as ameaças aos direitos da comunidades LGBTH, David Blond afirma que é preciso manter a esperança, enquanto Phillipe Blond afirma que a força da arte e da performance é uma forma favorita de resistência. Concordamos.

Pela nossa parte, não adivinhamos como tudo isto vai acabar, mas quando a dupla afirma que a sua principal motivação é abandonar o seu antigo eu... Aliás, eles são bem claros quando afirmam: “quer você seja trans, negra, curvilínea ou magra, queremos incluir todas as mulheres neste show”.  

Todas? A mim? Não! De certeza.

Porém, acho justo que as minhas leitoras saibam como o mundo da moda anda de “patas para o ar”!

Antes que me perguntem porque motivo inclui esta moda? Tenho que ser clara. Eles merecem o prémio do pioneirismo das máscaras de protecção, pois foram os primeiros a apresentá-las no seu show dos primeiros dias de 2020 para a colecção que está em vigor até finais de Março de 2021.   

Boa sorte. A ideia das máscaras é genial. Mas, não se esqueçam de realizar dois belos filmes sobre os monumentos dos vossos países.

 

Marionela Gusmão