AZUL Palavra de Ordem

Azul Claro

Azulão

A moda Verão 96 que se declina em várias tendências e cores subdivide-se em paletas de tons onde o azul se inscreve como uma palavra de ordem.

O azul ocupa um lugar impossível de trazer, na totalidade, a este site porque na vida tudo tem que vigiar o peso e a medida. O que é a mais, cansa.

Com o azul-escuro, o azulão, o azul-turquesa, o azul claro, a Moda redescobre uma cor clássica que se consegue conjugar numa fisionomia diferente.

Afastados do chique tradicional, os azuis 2016 cimentam-se em soluções opostas: de manhã à noite, do prático ao sofisticado.

Mas, porquê o azul?

A esta interrogação, os mais atentos psicólogos respondem com as teorias das cores que indicam o azul entre os primeiros artifícios do “relax” óptico; isto é. O reconhecimento dos seus efeitos tranquilizantes.

Na cor do céu em manhã de Primavera, ou das safiras de azul aveludado profundo, a moda obriga-nos a pensar em azul.

No azul das gangas, no azul da louça da China que ainda nos deslumbra, no azul-oceano com sabor a aventura, no azul Picasso… está de novo o azul!

Em Moda, pois, a mais misteriosa e sugestiva cor do espectro luminoso, dando livre curso aos seus efeitos relaxantes sobre o sistema nervoso central. Em Moda, uma cor que invade docemente o despontar do dia, tornando-se uma palavra de ordem: azul, azul. Azul…!

Marionela Gusmão

Armani
Armani
ZuhairMurad
ZuhairMurad
ZuhairMurad
ZuhairMurad
ZuhairMurad
ZuhairMurad
ZuhairMurad
ZuhairMurad
ZuhairMurad
ZuhairMurad
GeorgesHobeika
GeorgesHobeika
GeorgesHobeika
GeorgesHobeika
GeorgesHobeika
GeorgesHobeika
Blugirl
Blugirl
Fendi
Fendi
Fendi
Fendi
Marni
Marni
MichaelKors
MichaelKors
Missoni
Missoni
RafaellaCuriel
RafaellaCuriel
MichaelKors
MichaelKors
MarcJacobs
MarcJacobs